Consumidor será mais cauteloso na compra dos presentes de Dia das Mães

Dia das Mães é a data comemorativa que mais aquece o comércio e o varejo no primeiro semestre, seguido da Páscoa, e fomenta consideravelmente o mercado. Além de ser a segunda melhor data para as vendas, é a primeira data especial do ano que engloba todas as atividades do varejo, já que a Páscoa fica concentrada no setor supermercadista. Em 2015, porém, na visão mais otimista, o aumento de vendas deve ficar na casa dos 3%.

De acordo com Paulo Ancona Lopez, diretor da consultoria Vecchi Ancona - Inteligência Estratégica, a queda nas compras deve acontecer, nesse ano especificamente, de forma ainda mais pontual, uma vez que na prática o que está acontecendo com a economia no Brasil ainda não afetou fortemente a maioria, exceto aqueles que perderam emprego. Ainda na opinião de Lopez, de uma maneira geral, as compras de Dia das Mães seguem com pequena retração e compras mais seletivas, até em função dos tempos futuros e como medida preventiva.

O especialista acredita que as pessoas não deixarão de comprar presentes para as mães por conta do cenário econômico.

- O que deverá acontecer é uma redução do valor de compras. O ticket médio deve cair um pouco, como de fato vem caindo de forma geral, ou seja, o consumidor não deixou de comprar mas está buscando itens mais baratos ou alternativos - ressalta Lopez.

Para Ana Vecchi, sócia e diretora da Vecchi Ancona - Inteligência Estratégica, “as pessoas não deixarão de comprar, mas farão escolhas de melhor custo benefício. O varejo já se antecipou e está propondo promoções, muitas opções de valor agregado.”

Ainda segundo a consultora, a taxa de crescimento será de um dígito e tímida, uma vez que o consumidor está apreensivo com a situação econômica e política do país e vai ter que usar de criatividade para encantar a mãe sem prejudicar seu bolso e as outras parcelas existentes em seu orçamento. Especialmente em tempo de crise, inovar é a alma do negócio. Marcas de produtos fora do padrão tradicional, criativas, alternativas e que possam apresentar alguma inovação no conceito de presentear as mamães devem sair na frente nesta época do ano, mas se tiverem o cuidado de usar estratégia de marketing para uma divulgação atraente e que impacte de forma positiva o consumidor.

- Isso serve, inclusive, como regra para as marcas para os próximos meses - enfatiza Paulo Ancona Lopez, que aposta que de toda forma, o Dia das Mães será uma data que poderá servir como base para o que pode vir a ser o resultado do varejo nesses próximos meses e, por isso, é importante que seja acompanhada de perto.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Categorias

Please reload

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes

Please reload

Copyright © 2018 Ancona Consultoria. Todos os direitos reservados.
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon