Te conheço de outro lugar...

Marcas de franquias surgem a partir de ideias que se tornam populares na internet.

 

A relação de fãs com adaptações de livros para o cinema tem muito a ensinar para um nicho que vem surgindo nos últimos anos de mercado de franquias.  Com um recorte mais recente, filmes como Harry Potter, Crepúsculo, 50 Tons de Cinza ou A Culpa é das Estrelas angariaram fãs pelo mundo todo na versão literária, mas dividiram opiniões do mesmo público cativado na versão audiovisual. A história era a mesma, mas a forma como ela ganha forma pode não representar a experiência que todos tiveram durante a leitura. Algumas redes de franquias carregam responsabilidades semelhantes as dos diretores de Hollywood, desde antes da abertura da primeira loja. O fã já projetou a imagem e elementos sensoriais próprios sobre o que marca representa para ele. Atingir essas expectativas deve ser a principal preocupação. A percepção de um admirador é individual, e todas as variantes devem ser contempladas no projeto de uma loja que pretenda materializar essa conexão. “Para se estruturar precisa conhecer muito quem são esses fãs, transmitir através do projeto arquitetônico, detalhes no ponto de venda que consiga dar continuidade àquilo que o consumidor final pensou. Qual o aroma que vai criar para aquele consumidor, por exemplo?”, explica a diretora da consultoria Vecchi Ancona, Ana Vecchi. (...)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Categorias

Please reload

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes

Please reload

Copyright © 2018 Ancona Consultoria. Todos os direitos reservados.
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon