Abrir uma franquia: ainda vale a pena?

 

A Associação Brasileira de Franchising (ABF), divulgou um balanço do setor referente ao ano de 2015 e apontou como uma das tendências para 2016 um aumento na procura por redes que ofereçam modelos de negócio compactos, seja pela facilidade de operação – normalmente mais enxuta, consequentemente com menor número de colaboradores – e pelo menor investimento na comparação com o modelo de operação padrão idealizado pelas marcas.

O fato, na visão de Paulo Ancona, diretor da Vecchi Ancona, que está há mais de 20 anos no segmento de franquias, é que há uma aposta interessante e significativa por parte das redes em oferecer esses modelos para atrair potenciais franqueados que queiram usar, por exemplo, o FGTS para investir no negócio próprio, algo muito comum em tempos de emprego complicado e demissões em alta.

De toda maneira, valem alguns cuidados tanto do lado do franqueador, quanto do potencial franqueado. No caso do primeiro, para que a seleção do franqueado aconteça de forma criteriosa a fim de não comprometer a evolução da rede. Já no caso do potencial franqueado, para entender expectativas, afinidades com o negócio escolhido, entendimento da sua atuação na empresa, entre outros aspectos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Categorias

Please reload

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes

Please reload

Copyright © 2018 Ancona Consultoria. Todos os direitos reservados.
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon