9 dicas empreendedoras para quem está parado e quer começar um negócio.

September 25, 2017

 

Com a crise econômica, aumentou o número de desempregados no país. E, para muitos, empreender é única opção para continuar pagando os boletos no fim do mês. Pensando nisso, o Yahoo ouviu alguns especialistas para dar dicas para quem quer começar um novo negócio:

 

1) Faça uma autoanálise

 

Ana Vecchi, sócia-diretora da Vecchi Ancona – Inteligência Estratégica, acredita que antes de começar a pensar em empreender é preciso fazer uma autoanálise. “É preciso entender o porquê você está querendo empreender. Se a pessoa estiver emocionalmente fragilizada, por conta de uma demissão ou luto, não recomendo iniciar um novo negócio”, fala.

 

Ana desmotiva pessoas nessas situações a investirem, pois essa decisão não pode ser tomada apenas para “tapar um buraco”. “A pessoa precisa entender o porquê ela quer investir e o que a faz crer que empreender é a melhor saída e, claro, analisar bem a resposta dada”, diz.

 

Nesse processo de autoconhecimento, Nelson Benseny, professor de Administração da Universidade Presbiteriana Mackenzie, acredita que a pessoa tem que avaliar se está disposta a criar algo próprio.

 

“Eu acredito que o empreendedor não é uma pessoa predestinada. Empreender é um processo, ou seja, pode ser aprendido, mas é preciso querer. Dá para identificar as competências empreendedoras que precisam desenvolver. Mas caso essa jornada de autoconhecimento só mostre que ele quer se manter como empregado, ele tem que ficar em paz com a decisão, pois não é demérito para ninguém”, fala.

 

2) Analise sua situação financeira

 

Um dos passos mais importantes, na opinião de Benseny, é avaliar a situação financeira atual para definir quanto tem disponível. “Muitas vezes a pessoa pega indenização, fundo de garantia e tudo e já quer partir para o negócio sem pensar muito e aí o que acontece? Ela fica sem emprego, torra todo dinheiro e fica endividada”, explica.

Por isso, o professor fala que é interessante separar quanto vai investir e ter uma reserva para se manter.

 

3) Faça um planejamento financeiro

 

Assim como você não faz uma viagem, sem saber a quantidade de combustível que tem no carro, o mesmo conceito deve ser trazido para o mundo dos negócios. “Pesquisas mostram que, em até dois anos, grande parte das empresas que quebram é por falta de planejamento, gestão e comportamento empreendedor”, explica Paulo Crepaldi, analista de negócios do Sebrae-SP.

 

4) Inovar é palavra de ordem

 

Na opinião de Crepaldi, para o empreendedor ser bem-sucedido, ele precisa ter a inovação na cabeça, pensar sempre em como fazer as coisas de um jeito diferente.

“A inovação é muito vantajosa para quem quer atuar no mercado, pois é ela que agrega valor ao produto ou serviço. Essa experiência única para o cliente é que cria o vínculo entre consumidor e empresa”, destaca.

 

Para pensar de forma inovadora, o analista de negócios do Sebrae-SP recomenda pensar em demandas pouco exploradas pelo mercado. Para descobri-las, faça um benchmarking, ou seja, avalie a concorrência e identifique onde eles estão pecando e aprimore aquele processo.

 

5) Pense nos setores que você se identifica

 

Vai empreender? Então é essencial que você se identifique com o ramo em que irá começar a trabalhar. Ana exemplifica que não é por que você gosta de chocolate, que será um bom franqueado da Cacau Show.

 

“Mas é preciso ter uma empatia com o produto ou serviço. Falo que você tem que gostar dos bastidores do segmento. Não adianta querer atuar na área de vestuário e odiar ir para o Bom Retiro buscar fornecedores. Você tem que analisar o que te fará feliz”, fala.

 

6) Capacite-se

 

Empreender não é fácil, nem simples. Por isso, Benseny indica sempre buscar capacitação e conhecimento na área. “Vale conversar com outros empreendedores, ir em palestras, ler livros e buscar cursos em entidades sérias”, fala.

 

O professor do Mackenzie também cita a tendência mundial de incluir a disciplina de Empreendedorismo para todas as formações universitárias. “Lá fora, as universidades mais renomadas incluem essa disciplina em todos os cursos disponíveis. A verdade é que temos uma crise estrutural mundial de falta de emprego e as pessoas vão começar a empreender mais”, acredita.

 

7) Cerque-se de especialistas

 

Para Ana, é importante antes de decidir empreender, cercar-se de especialistas com uma boa lista de clientes para que eles te ajudem a traçar um “plano de voo”. “Ao buscar uma consultoria e se cercar de profissionais com conhecimento vai ser mais fácil desenvolver o planejamento de um novo negócio”, explica.

 

8) Vai optar por franquia? Compare

 

Uma opção para quem é mais conservador é optar pela compra de uma franquia, um negócio já estruturado, montado e com curva de experiência. “Se a pessoa optar por isso, ela precisa ver quais os setores que se identifica, entrar em contato com as franqueadoras e comparar o que cada um oferece de suporte e estrutura”, fala Ana.

 

Outra dica é conversar com outros franqueados para saber se a empresa cumpriu com o que foi prometido na hora assinar o contrato.

 

“As micro franquias também são boas para quem quer iniciar um negócio, mas não dispõe de muito capital. Elas custam menos de R$ 60 mil, sendo que há opções de R$ 2 mil”, completa o professor do Mackenzie.

 

9) Pense em vender conhecimento

 

Caso a pessoa tenha sido demitida, Benseny indica usar todo o conhecimento que tinha no emprego anterior para vendê-lo novamente.

 

“Se a pessoa trabalhava no RH ou na contabilidade, ela pode abrir uma consultoria na área que atuava. Para isso, o investimento é mínimo, dá até para trabalhar de casa e ela só estará vendendo o conhecimento que já possui”, recomenda.

 

Por Melissa Santos

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Categorias

Please reload

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes

Please reload

Copyright © 2018 Ancona Consultoria. Todos os direitos reservados.
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon