Confiança e uma conversa ao pé do ouvido


Sim! Era muito mais fácil quando as empresas só tinham de remar contra a concorrência local, aprimorar seu atendimento e ter uma boa equipe comercial na rua ou no balcão. Hoje o mundo é de profundas transformações tecnológicas, de hábitos de consumo e compra, e de concorrentes globais ao alcance do mouse. Essas mudanças têm de ser compreendidas, mesmo pelas empresas pequenas e médias, com boletos a vencer, pouco capital de giro e estruturas mal capacitadas.

Não é possível para sua empresa implantar uma gestão ou atuação comercial tecnologicamente de ponta? Isso não impede de conhecer claramente qual seu nicho de atuação e dentro dele aprimorar sua operação. Economistas repetem que um fator vital para a aceleração dos negócios é o índice de confiança do mercado e este não anda muito em alta ultimamente. Por outro lado, se confiança é “crer nas suas qualidade e capacidade e ter esperança”, que tal olhar seu negócio como quem respira oxigênio puro enquanto o mercado busca seu caminho? É o momento de se perguntar: Quanto de tecnologia consigo agregar ao meu negócio e como isso pode impactar meu resultado? Quais colaboradores devem ser capacitados para atuar estrategicamente? Qual deve ser o meu modelo de gestão, processos e estrutura? Possivelmente muitas empresas continuarão a atuar com modelos nada modernos em relação às novidades tecnológicas de ponta, mas isso pode ser parcialmente compensado com alguns diferenciais que venham a ser implantados e com operações otimizadas Mudança é a palavra a ser repetida dentro da sua empresa, independente do índice de confiança do mercado. Confiança de que existem melhorias possíveis é o que podemos transmitir à sua empresa!

Categorias

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes