Cidades pequenas atraem marcas de segmentos variados

May 7, 2018

Expandir o negócio focando cidades pequenas, com até 90 mil habitantes, tem se mostrado uma estratégia atraente para redes de diversos segmentos.

 

“Os atrativos passam por custos e despesas mais baixos, menor necessidade de investimento inicial, menos concorrência, além de ser um fator de novidade para a cidade”, afirma o diretor da Ancona Consultoria Empresarial, Paulo Ancona.

 

O especialista destaca que a opção deve estar atrelada à estratégia de expansão da rede. “Tomar essa atitude por oportunismo pode levar a marca a perder sua identidade e conceito. Nada deve ser feito sem planejamento a partir de estudos de mercado e de geomarketing, bem como simulações financeiras.”

 

Segundo ele, não existem regras fixas para essa iniciativa, que deve sempre ser tomada em função do negócio, seu conceito e estratégias adequadas.

 

“Isso significa responder a perguntas como: para que público o negócio é destinado e qual o seu poder aquisitivo? Como a marca pretende ser vista e reconhecida pelo público? Qual o mix que será ofertado?”

 

Ancona acrescenta que se o objetivo é expandir uma rede de luxo ou destinada a público com maior poder de compra, obviamente ela não pode mirar os pequenos centros.
“Por outro lado, um negócio de porte médio ou pequeno, que acrescenta algo de novidade, de avanço ou comodidade, pode ter grande atratividade para cidades menores.”

 

Diretor da rede de empréstimos financeiros CredFácil, André Oliveira conta que a sede da empresa fica em Umuarama (PR), cidade de 100 mil habitantes. “Como sempre operamos nas cidades vizinhas, adquirirmos expertise em trabalhar com municípios menores, porque eles permitem um relacionamento mais próximo do cliente e maior fidelização.”

 

A marca criada em 2004, virou franqueadora em 2009. Hoje, está com 105 lojas, estando 80 delas instaladas em pequenas cidades, espalhadas por mais de 13 Estados brasileiros.

“Os grandes centros estão ‘inchados’ e as pequenas cidades carecem de serviços que ‘falem’ diretamente com sua realidade socioeconômica”, avalia. Com investimento a partir de R$ 25 mil é possível ser um franqueado CredFácil adotando o modelo home based.

 

Diretor executivo no Brasil da Jan-Pro, rede americana especializada em limpeza corporativa, Renato Ticoulat diz que a rede está no País desde 2011. “Queremos abrir caminho para que pequenos empreendedores invistam no próprio negócio, além de solucionar a escassez de mão de obra qualificada no setor de limpeza.”

 

 

Leia a matéria na íntegra

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Categorias

Please reload

Newsletter

Redes Sociais

  • Facebook
  • Linkedin
  • Youtube
  • Instagram

Posts Recentes

Please reload

Copyright © 2018 Ancona Consultoria. Todos os direitos reservados.
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon